fbpx

Transferência de veículo: como fazer de forma segura e correta?

A transferência de veículo é realizada para consolidar a troca de proprietários dos veículos. Essa é a única maneira que as pessoas podem realizar para ter acesso legalmente aos veículos, sem que haja nenhum transtorno futuramente. 

Sempre que os consumidores forem realizar compras de carros usados será necessário dar uma atenção maior na transferência de veículo para que o procedimento final funcione da maneira desejada. Essa é uma das medidas tomadas para que o negócio entre os proprietários seja fechado corretamente. Mas é fundamental compreender como de fato esse procedimento ocorre, a documentação necessária para levar para que possa realizar o procedimento de transferência de veículos, evitando que problemas futuros ocorram no trânsito. 

Como funciona a transferência de veículo?

Todas as vezes em que os proprietários desejarem realizar a venda de qualquer veículo automotor, será necessário alterar o registro de propriedade. Os clientes que desejam realizar a transferência de seu veículo para outra pessoa, devem seguir um procedimento legalizado. Esse é um documento de extrema importância que os condutores devem manter em segurança, são eles o CRV e o CRLV. 

Mas antes de compreender como de fato ocorre a transferência de veículo, as pessoas que desejam revender o veículo devem compreender como o procedimento acontece, além de saber qual é o órgão responsável por realizar esses serviços. Segundo determinado por lei, os condutores que não possuem o emplacamento e o registro dele corretamente não podem trafegar pelas ruas públicas com o veículo. 

Esse documento é uma maneira de identificação do carro, o qual está presente no Renavam. Os proprietários encontram várias especificações do veículo nesse documento, como a troca de donos, acidentes que ocorreram, pagamentos de taxas e outros. Por outro lado, o CRLV é um documento que conta com outras informações muito úteis do veículo, como o número da placa, o chassi, o nome do proprietário do veículo e também o número do Renavam. 

Anualmente, os proprietários devem realizar o pagamento de taxas, as quais são essenciais para que o veículo possa circular livremente pelas vias públicas. Dessa forma, é fundamental levar em consideração que um veículo não poderá circular pelas vias caso o licenciamento não esteja devidamente correto, acarretando em uma multa gravíssima ao proprietário.

Qual o procedimento para realizar a transferência de veículo?

Os proprietários compreendem a importância de realizar a transferência de veículo corretamente. Agora também é importante compreender como a transferência ocorre após a conclusão da venda. Um dos principais fatores para levar em consideração é que cada estado brasileiro possui suas próprias regras para que o procedimento seja realizado. 

Sendo assim, é fundamental que o proprietário confira, se há os valores em aberto e se é necessária a realização de uma vistoria no veículo. Para isso, os condutores podem realizar uma consulta no Despachante.com, com o Renavam em mãos, e verificar se existem pendências em seu veículo, tais como o pagamento de impostos não efetuados ou as possíveis multas que constam no veículo.

Os proprietários só poderão efetuar a transferência de veículo quando todas essas dívidas estiverem devidamente quitadas. Para desburocratizar o processo de Transferência, entre em contato com o Despachante.com, que poderá prestar a devida assessoria a respeito de todos os procedimentos necessários para a realização do serviço.

Quais cuidados devo ter durante esse processo?

Quando estiver realizando a transferência de veículo, é fundamental ter atenção em alguns procedimentos. São eles:

  • Consulte qual é a situação do veículo através do site do Despachante.com
  • Compareça a um cartório próximo para reconhecer a firma

Medidas de segurança para seguir quando for pagar ou receber esse pagamento?

Além de se atentar aos procedimentos que ocorrem durante a transferência de veículo, é essencial que os proprietários também tenham cuidado no momento de receber o pagamento ou pagar a dívida. São eles:

  • Transfira o documento somente após receber o pagamento: Os atuais proprietários dos veículos devem realizar a transferência do documento apenas depois de confirmarem o pagamento, evitando que ocorram golpes.
  • Não transferir o dinheiro em casos de pendência: Os compradores, por sua vez, devem realizar a transferência do dinheiro somente se não existir nenhuma pendência no veículo, como multas em atrasos. 
  • Formalize todo o procedimento de sua venda: Depois de confirmar que o pagamento foi realizado, será necessário formalizar o processo da compra. Para isso, basta realizar o preenchimento do documento CRV com todos os dados do dono e, em seguida, fazer o reconhecimento de firma em um cartório. 
  • Tire cópias dos documentos de seu veículo: Depois de finalizar devidamente a compra e o reconhecimento em firma do CRV, é muito importante que o proprietário tire cópia dos documentos autênticos que comprovam que o veículo foi transferido de maneira correta. Também é fundamental guardar em segurança o comprovante do pagamento dos valores, evitando que cobranças futuras sejam feitas aos proprietários atuais. 

Quais documentos são necessários?

Mesmo que existam regras diferentes perante a exigência de datas em cada estado brasileiro, alguns documentos comuns são solicitados durante o processo de transferência do veículo. Se a transferência está ocorrendo entre proprietários que residem no mesmo município, é importante estar com os seguintes documentos em mãos:

  • RG ou CNH
  • CPF
  • Comprovante de residência, o qual deve estar devidamente atualizado, sendo assim, encontre um de, pelo menos, três meses anteriores
  • CRV, o qual deve estar devidamente preenchido com todas as informações solicitadas, além da assinatura que deverá ser reconhecida em firma
  • Um laudo de vistoria transmitido pela EVC
  • Comprovante de que todos os pagamentos do veículo foram realizados corretamente, como os impostos e as multas
  • Preencher o formulário do Renavam corretamente, o qual deve ser obtido em duas vias originais

O procedimento é um pouco diferente nos casos de transferência entre proprietários de outros estados. Basta conferir os documentos com o Despachante.com! 

2021-03-08T14:01:33+00:00 março 4th, 2021|Transferência de Veículo|0 Comentários

Já vai embora sem consultar os seus débitos?

Pesquise agora é grátis!

de desconto

Utilize o código #popup20