fbpx

Placas Mercosul – Conheça o novo padrão

Vantagens da placa Mercosul

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), as novas placas Mercosul tem o objetivo de ser o novo padrão para todos os veículos e também serve para facilitar a identificação dos veículos, tanto em território nacional, como em países vizinhos.

Sendo assim, é mais fácil garantir a segurança contra possíveis fraudes e facilitar o processo de busca em casos de furto.

Todas as placas deste novo modelo possuem um código QR (QR Code), que poderá ser escaneado facilmente via aplicativos de celular para analisar todas as informações sobre o veículo e seu proprietário em tempo real.

Quais os veículos são obrigatórios para realizar a troca de placas?

Segundo a legislação, a troca será voluntária. Somente se o proprietário do veículo desejar, ele a troca para o novo modelo.

Porém, existem alguns modelos onde a troca é obrigatória:

  • Veículos novos;
  • Troca de categoria;
  • Placas antigas danificadas;
  • Mudança de município.

Prazo

Desde o dia 31 de janeiro entraram em vigência as novas regras para o emplacamento de veículos, conhecidas como placas Mercosul.

Os estados do Alagoas, Tocantins, Mato Grosso, Sergipe e Minas Gerais não receberam as ordens para o novo emplacamento neste prazo, e sim, a partir de 17 de fevereiro.

Assim sendo, se você se encaixa nos quesitos para realizar a troca de sua placa para o modelo Mercosul e ainda não realizou a troca, não deixe para depois.

Quanto mais rápido realizar a troca, menos dor de cabeça você terá ao ser parado pelas autoridades pelas vias públicas.

Valor das placas Mercosul e onde adquiri-las

Você deverá adquirir as novas placas Mercosul juntamente com os estampadores credenciados no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e por conta disso, não encontrará um valor padrão pois cada um terá seu preço.

O papel do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) nos casos de compras é apenas realizar o registro dos veículos e cuidar da emissão dos documentos.

Quando o proprietário do veículo estiver com seus documentos em mãos, é só procurar uma das estampadoras credenciadas para confeccionar sua placa.

O valor máximo das placas Mercosul no estado de São Paulo, por exemplo, pode chegar em até R$ 139,00.

Já no Rio de Janeiro, uma placa pode ser comprada por até R$ 220,00. O custo mais elevado pelas placas Mercosul foi constado no estado do Amapá,  custando o total de R$ 500,00.

Tabela de placas Mercosul

Tanto para os carros, quanto para as motocicletas, o novo modelo de placas Mercosul possibilita várias combinações na hora de enumerar sua placa.

Contam com o seguinte padrão: 3 letras, 1 número, 2 letras, 2 números. E, as cores da escrita de cada placa Mercosul também poderá variar de acordo com o padrão do veículo:

  • Cor preta: apenas veículos particulares;
  • Cor verde: para veículos especiais;
  • Cor amarela: veículos diplomáticos;
  • Cor vermelha: apenas para veículos comerciais;
  • Cor azul: veículos oficiais;
  • Cor cinza: veículos pertencentes a colecionadores.

O fundo das placas Mercosul deverão ser brancas com a margem superior na cor azul incluindo o emblema do Mercosul ao lado esquerdo, a Bandeira do Brasil do lado direito.

E na parte inferior, do lado esquerdo, o distintivo do país e à direita, a marca d’água.

E o QR Code, para que seve?

Os QR Code são códigos que podem ser lidos por meio de câmeras de celular ou, em alguns casos, alguns aplicativos.

No caso das placas Mercosul, eles servem para que você tenha em tempo real e no alcance de suas mão as informações sobre o veículo e sobre o proprietário.

E, em casos especiais, servem para facilitar o rastreamento, como já foi dito anteriormente.

Com este código em mãos, as autoridades poderão, com mais facilidade, rastrear os dados do veículo para saber se existe a possibilidade do mesmo ter sido clonado.

O próprio dono do veículo poderá consultar estas informações também, mas para isso, é necessário criar um cadastro no site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para ter acesso à elas.

Com este novo modelo, as placas ficarão mais seguras?

O projeto inicial foi anunciado há cerca de 10 anos atrás, e já passou por diversas mudanças desde então, recebendo sempre críticas de fabricantes e dos Departamentos de Trânsito de diversos estados.

Com tantas alterações, o modelo teria ficado desconfigurado e não tão seguro quanto às ideias iniciais.

Todas as vezes que se questiona o Governo sobre a segurança das placas Mercosul, os órgãos negam que ela teria ficado menos segura com o passar dos anos e afirmam que a maioria das alterações foram feitas visando abaixar o custo das placas.

Como funcionam em outros países?

Apesar de levar este nome, as placas confeccionadas aqui no Brasil são diferentes dos modelos fabricados na Argentina, Uruguai e Paraguai.

No Paraguai, as placas Mercosul possuem o QR Code e mais um holograma, que não aparece nas versões uruguaias e argentinas.

As ondas senoidais não são utilizadas nas placas fabricadas aqui no Brasil, e aparecem dispostas em diferentes posições nas versões dos outros países.

O efeito que possibilita o reflexo colorido (efeito difrativo) das letras e dos números da placa é utilizado apenas nas versões confeccionadas no Paraguai e no Uruguai.

Conclusão

Aos poucos, as placas Mercosul ocupam seu lugar e vêm sendo implantada em cada vez mais nos veículos de território nacional.

Agora que você tirou todas as suas dúvidas sobre as placas Mercosul, caso tenha alguma dúvida sobre como ocorre a troca em seu estado, é recomendado que você entre em contato com o Detran de sua região para esclarecer suas dúvidas.

Ou, se você deseja tirar suas dúvidas conosco, entre em contato pelo nosso site ou por nossas redes sociais e nos deixe um recado.

Já vai embora sem consultar os seus débitos?

Pesquise agora é grátis!

de desconto

Utilize o código #popup20