fbpx

Licenciamento Final 2

Já se iniciou um novo ano, e com ele as obrigações referentes às documentações dos veículos. Hoje veremos como é possível realizar o licenciamento final 2, bem como seu prazo, valor e outras informações relevantes.

O licenciamento é uma obrigação de todos os proprietários de veículos. Sem ele o motorista fica impedido de circular com seu automóvel nas vias públicas.

Além disso, ser abordado por policiais sem a comprovação do devido licenciamento é algo que gera graves consequências para os condutores.

Assim, continue lendo para entender como funciona esse licenciamento e o que fazer para se manter em dia e de acordo com as normas brasileiras de trânsito.

Licenciamento final 2: Entenda como funciona

O licenciamento é importante para um veículo principalmente por permitir a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos. 

O CRLV, como é conhecido, é crucial para a regularidade de um meio de transporte motorizado.

Essa emissão deve ser feita anualmente. Dessa maneira, não importante se o seu veículo já foi licenciado no ano anterior, uma vez que a obrigação se renova a cada ano.

Todos os veículos de todos os estados brasileiros são obrigados a realizar esse licenciamento. Contudo, ele é feito de maneiras diferentes.

Isso decorre do fato de que cada estado possui seu próprio DETRAN. Assim, são estipuladas regras específicas diferentes em cada localidade.

Em relação ao licenciamento final 2, tem-se que é uma maneira encontrada para classificar os veículos. 

Ela faz uso do dígito final da placa de um automóvel para definir em qual época o licenciamento deve ser feito.

Assim, existem datas estipuladas para cada tipo de final de placa. Isso evita que os sistemas e também os postos de atendimento presencial fiquem abarrotados pelo público.

Quem deve fazer o licenciamento final 2?

Todos os proprietários cujos veículos tenham placa terminada em final 2 devem realizar o licenciamento na data estipulada para essa identificação.

A transferência de veículo obriga a realização de novo licenciamento?

Não. Quando um veículo é transferido para um novo proprietário esse deverá realizar uma série de novas emissões de documentos.

Contudo, o CRLV não é um deles. Isso, pois, ele é relacionado ao veículo e não ao proprietário. Portanto, caso ele já tenha sido feito pelo antigo dono isso não se torna inválido.

Existem dispensas para o licenciamento final 2?

O imposto sobre a propriedade de veículo (IPVA) tem algumas regras que podem dispensar o proprietário do automóvel da realização do recolhimento pecuniário.

Por exemplo, em São Paulo são dispensados do pagamento do imposto veículos cuja fabricação tenha ocorrido há mais de 20 anos.

Isso ocorre em relação ao licenciamento final 2? Não! É preciso ter cuidado, pois embora o pagamento do IPVA seja necessário para que um veículo seja licenciado, a dispensa do primeiro não implica em dispensa para o segundo.

Além disso, a única situação em que um veículo é dispensado do licenciamento é relativa ao ano em que ele é comprado.

Contudo, em verdade há o pagamento do licenciamento, mas ele não é sequer percebido pelo proprietário, eis que o valor do veículo já inclui a taxa.

Assim, a partir do segundo ano o proprietário deverá anualmente recolher as taxas para emissão e validação do CRLV.

Como fazer o licenciamento?

Fazer o licenciamento final 2 é muito fácil. Para isso você sequer precisa sair de casa, evitando, assim, filas, aglomerações e perda de tempo.

Em posse do número do RENAVAM do veículo (que está presente no documento CRV dele) você pode simplesmente contatar um despachante de trânsito.

A partir de então é esse profissional que ficará responsável por todos os trâmites e burocracias necessários para a emissão do CRLV.

Fácil, não é mesmo? E não é só isso! Em caso de existência de algum tipo de entrave para licenciar seu veículo o despachante o resolve e dá continuidade ao processo.

Essa é a maneira mais tranquila para garantir que seu veículo esteja em dia com as regras de trânsito e, também, para evitar aborrecimentos.

O que é preciso para fazer o licenciamento final 2?

Para que o licenciamento de um veículo possa ser feito é imprescindível que as taxas relativas ao IPVA tenham sido recolhidas de maneira correta.

Isso somente não será necessário quando o veículo possui tempo de fabricação superior ao limite estipulado para a isenção no pagamento do imposto.

Além disso, existem outras questões que podem impedir o licenciamento final 2 e elas condizem às multas de trânsito que não foram quitadas pelo proprietário do veículo.

Assim, sempre que as multas não tiverem sido devidamente quitadas o automóvel ficará impedido de ser licenciado.

Entretanto, pagas as multas e recolhido o IPVA o licenciamento se torna novamente possível.

Quando fazer o licenciamento final 2?

Conforme já indicado, o licenciamento deve ser feito anualmente. Ainda, da mesma maneira como também já apontado, existe um calendário que estipula a data final com base no último número da placa do veículo.

No caso dos veículos cujas placas terminem em dígito 2 existem duas datas estipuladas. 

A primeira representa o prazo final para o pagamento da taxa e emissão do CRLV para automóveis de passeio, enquanto a segunda se aplica aos caminhões.

Os proprietários de automóveis devem cumprir com o licenciamento final 2 até maio de 2021. Por outro lado, o prazo para caminhões corresponde ao mês de setembro.

Assim, é importante que o proprietário se atente para esses prazos para que eles sejam devidamente cumpridos e prejuízos sejam evitados.

Qual o valor do licenciamento final 2 para 2021?

No ano de 2020 o valor do licenciamento custou pouco mais que R$ 90 aos motoristas paulistas.

Entretanto, ainda não houve a estipulação do valor para a emissão do CRLV em 2021. Contudo, esses números devem ser divulgados em breve.

O motorista que deseja acompanhar informações sobre o licenciamento do seu veículo, bem como a existência de multas registradas contra ele, pode realizar consultas no site do DETRAN.

Quais são as consequências para quem não cumprir com o licenciamento final 2 até maio de 2021?

A abordagem em via pública de motorista que não fez o licenciamento ou não está em posse do CRLV do seu veículo implica em pontos na CNH, multa pecuniária e na apreensão do veículo.

Portanto, é imprescindível que haja o devido licenciamento todos os anos.

2021-02-18T18:58:59-03:00 janeiro 19th, 2021|Licenciamento de Carro|0 Comentários

Deixar Um Comentário

Já vai embora sem consultar os seus débitos?

Pesquise agora é grátis!

de desconto

Utilize o código #popup20