Perguntas e Respostas sobre a mudança na Placa Mercosul

A mudança na Placa Padrão Mercosul se tornou obrigatória no último dia  31 de janeiro. A resolução sobre a mudança já havia sido publicada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) em junho de 2019, mas contou com muitos adiantamentos. Após tantas idas e vindas da determinação é comum surgirem dúvidas. Separamos abaixo as principais questões sobre o assunto, para ajudar a trazer elucidação.

8 respostas sobre o Padrão de Placas Mercosul

Quais as mudanças no novo padrão?

  • Quantidade e ordem das letras e números: Em vez de 3 letras e 4 números, como o antigo padrão, as novas placas têm 3 letras, 1 número, 1 letra e 2 números.
  • Cor: O fundo das placas será sempre branco, entretanto as placas das categorias especiais terão as cores das letras e dos números alteradas, sendo: Veículos particulares: preto. Comerciais: vermelho. Carros oficiais: azul. Especiais em teste: verde. Diplomáticos: dourado. Colecionador: prata.
  • Inclusão do País: A partir de agora, além do estado e do município – que passam para a lateral direita junto aos respectivos brasões – o nome do país também passa a constar na placa, no canto superior, em cima da faixa azul.
  • Inclusão de QR Code.

 

Qual o objetivo do QR code?

O QR code é um código que é lido por câmeras de celular.  O mesmo agora faz parte da nova placa e serve para fornecer informações adicionais sobre o veículo, além de, segundo o governo, poder rastreá-lo.

 

Já tenho a placa antiga. Preciso trocar e colocar a placa nova?

Não. De acordo com o órgão, a placa do Mercosul passa a ser obrigatória apenas para veículos novos, para primeiro emplacamento e, também, para os veículos que forem transferidos de um Estado para outro.

 

E se minha placa estiver danificada?

Após adesão ao novo sistema por parte do Detran onde está registrado o veículo, em caso furto ou dano, o condutor também terá que trocar a placa pelo novo modelo.

 

Nada aconteceu com minha placa, mas eu quero trocar pela nova. Posso?

Sim, basta solicitar a troca junto ao Detran local.

 

E qual é o valor da placa nova?

De acordo com o Ministério, cada departamento de trânsito determinará o custo das placas na região.
O Denatran, portanto, não tem interferência sobre os valores praticados pelo mercado.
Hoje em São Paulo não ainda temos esta definição.

 

Existe uma data limite para que todos os carros nacionais tenham a nova placa?

Não. De acordo com o DENATRAN, ainda não há previsão.

 

O mesmo padrão também será seguido para as motocicletas?

Sim, a placas de motos seguem o mesmo padrão, alterando apenas a dimensão, que é 20 cm x 20 cm, conforme anteriormente.

 

Confira mais sobre o assunto clicando aqui.

2020-07-06T16:48:23+00:00 fevereiro 5th, 2020|Emplacamento de Veículo|0 Comentários