fbpx

CRV 2021

O CRV 2021 é um documento que pode ser emitido através da internet. Agora, com a tecnologia sendo cada dia mais presente na vida de todas as pessoas, ela também passou a fazer parte de questões do trânsito, oferecendo maior praticidade a todos os condutores. Além do CRV 2021, outros documentos de porte obrigatório do veículo, como a CNH e o Licenciamento, também poderão ser mostrados através da tela do celular, facilitando que essas informações importantes estejam sempre ao alcance. 

O ATPV, documento em que o antigo e o novo proprietário declara estar de acordo com a transferência, também podem ser encontrados de maneira digital, e podem ser impressos no conforto de casa. 

O que é CRV 2021?

Caso seja proprietário de moto ou carro, tem conhecimento sobre o que é o CRV. Esse é um documento muito importante para os condutores e, às vezes, pode ser confundido com o CRLV. Mas ambos são diferentes. O Certificado de Registro de Veículo é um documento que todos os condutores que trafegam pelas vias públicas precisam. Mas ele não é de porte obrigatório, ou seja, não é necessário estar com ele no veículo. 

Os proprietários dos veículos devem manter esse documento em um local seguro dentro de suas casas. Muitos não compreendem a importância de manter o CRV 2021 sempre a seu alcance. Mas é bastante simples compreender o motivo. Os proprietários que desejarem, eventualmente, realizar a transferência do veículo, devem preencher as informações do novo dono no verso deste documento. 

Sendo assim, quando o proprietário não saber onde o CRV 2021 está guardado, ele não pode vender a sua moto ou carro. Mas existe a possibilidade de tirar a segunda via do CRV. Sendo que os proprietários devem pagar caro para obtê-la novamente. Além de passar por toda uma burocracia. O CRV também é conhecido como um recibo de que o carro foi transferido para outro proprietário. Essa transferência recebe o nome de DUT. O DUT e o CRV são a mesma coisa, mas o CRLV é diferente de ambos. Isso porque o nome DUT é mais conhecido dentro de algumas regiões brasileiras. 

Quando o condutor investe em um veículo zero quilômetros, ele automaticamente recebe o CRV 2021 de seu automóvel. A situação é a mesma para os condutores que realizarem a compra de motos, caminhões ou outro veículo automotor. 

Segundo descrito no art. 122 do CTB, para que o primeiro CRV seja expedido, será necessário que uma nota fiscal do fabricante ou revendedor seja apresentada. Quando o emplacamento é realizado no automotor, então o CRV 2021 é entregue. 

O que é CRV Digital?

Em Dez/2020, através da Resolução n° 809 do Conselho Nacional de Trânsito, que determinou que a emissão do CRV fosse feita apenas no formato digital. Além do CRV, o CLA – Certificado de Licenciamento Anual e o Comprovante de transferência de propriedade também foram incluídos na resolução. Com isso, o CRV não será mais impresso em Papel Moeda, como era feito antes da resolução. Mas o valor do documento digital é o mesmo que o documento impresso! 

E o ATPV-e?

Na mesma resolução citada anteriormente, o ATPV – Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo, que é o comprovante da transferência de veículo, que constava impresso no CRV, agora ele também é digital. Este documento serve para que o comprador e vendedor declarem o comum acordo da transferência do veículo, e se responsabilizam pela veracidade das informações prestadas. 

No formato digital, o vendedor deve informar ao Despachante.com a intenção de transferência do veículo para o comprador, com tais informações, será impresso e dado para que ambas as partes assinem e reconheçam suas assinaturas em cartório. Com o reconhecimento das assinaturas, já terá validade para o comunicado de venda e transferência do veículo. 

Quais são as informações presentes em um CRV?

O CRV 2021 está relacionado com o emplacamento de um veículo. Sendo assim, esse documento serve para confirmar que o automotor passou por emplacamento. Dessa forma, é reconhecido pelo Detran de que o CRV 2021 de um veículo está adequado para transitar por vias públicas, já que ele conta como comprovação de propriedade. Esse documento também conta com outras informações relevantes de um automotor, como: 

  • Qual o seu tipo
  • Qual a marca
  • O ano que foi fabricado
  • A cor do automotor
  • O modelo do automotor
  • Qual é o tipo de combustível
  • Qual é a sua categoria

O CRV também conta com outras informações relevantes de um veículo, como o local e a data do registro, além do número do Renavam. Com esse documento, os condutores também podem encontrar as informações sobre o número do chassi e todos os dados referentes ao proprietário, como:

  • Nome completo
  • Endereço de residência
  • Assinatura
  • Número do CPF ou do CNPJ 

Assim como outras informações relevantes do veículo, como a sua atual situação. 

O CRV tem prazo de validade?

O CRV não possui um prazo de validade. Caso tenha comprado um veículo no ano de 1975, e não tenha o revendido, nem trocado de residência ou feito qualquer alteração no automotor, esse documento ainda é válido. Em alguns casos, será necessário expedir um novo documento do CRV, previsto no art. 123 da CTB. Confira quais são:

  • Quando o automotor é transferido de proprietário;
  • Quando o proprietário trocar de residência ou de município;
  • Quando alguma das características do veículo for trocada;
  • Quando houver alguma mudança na categoria.

Nos casos em que existe a transferência do veículo, o prazo para expedir o novo CRV é de trinta dias. Quando essa providência não for tomada, outras medidas serão. Quando os proprietários de veículos mudarem de residência ou de município, ele deve comunicar ao órgão de trânsito qual é o novo endereço e aguardar a emissão de seu novo Licenciamento. A solicitação do novo certificado deve ser comunicado a um órgão executivo de trânsito, mas deve ser o mesmo que realizou a expedição anterior de seu Renavam. 

Se os proprietários não se encaixam em nenhum desses casos, conforme previsto no art. 123 da CTB, então não será preciso expedir uma nova CRV. Já em casos de perda do documento, será necessário acessar o site do Despachante.com, e solicitar a segunda via do CRV. 

Os valores da segunda via do documento sofrem alterações ao redor do Brasil.

Veja como solicitar a segunda via do CRV 2021 no Despachante.com!

Para consultar a documentação do CRV, os condutores podem acessar o site do Despachante.com e solicitar o serviço através do formulário que consta na página. Mas é importante lembrar que apenas o proprietário que está com o nome do documento pode solicitar a segunda via do CRV 2021. Mas se o proprietário estiver impedido de realizar a emissão, é possível solicitar através de uma procuração pública registrada em cartório, com o reconhecimento de firma. 

Para isso, os seguintes documentos são necessários: 

  • Comprovante de endereço atualizado (cópia autenticada);
  • RG/CNH e CPF (cópia autenticada);
  • Laudo veicular ECV;
  • Em casos de furto/roubo, o Boletim de Ocorrências;

E se houver débitos pendentes, eles devem ser quitados. Entre em contato agora mesmo e solicite seu orçamento. 

2021-06-01T15:51:53+00:00 junho 1st, 2021|Documentação de Veículos|0 Comentários

Já vai embora sem consultar os seus débitos?

Pesquise agora é grátis!

de desconto

Utilize o código #popup20