fbpx

Chassi remarcado: você sabe porque alguns veículos possuem?

Um chassi remarcado significa aquele que possui informações REM. Quando um veículo é submetido a essa alteração em sua característica, significa que as informações do chassi originais foram alteradas ou danificadas. Sendo assim, em todos os casos em que o veículo passou por acidentes, corrosão causada pelo tempo ou foi alterado após um roubo ou furto, ele passa a obter a característica de chassi remarcado. 

Mas para que o chassi seja remarcado, é fundamental que o condutor se dirija até um órgão de trânsito responsável para completar tal ação. Nessas situações, você pode contar com a ajuda da Despachante.com, emitindo um novo documento de Certificado de Registro de Veículo.

O que é o chassi remarcado?

Os condutores não imaginam o significado por trás da informação de REM no emplacamento de um veículo. De maneira geral, trata-se de um veículo de chassi remarcado, o qual ocorre em diversas situações. É muito comum encontrar a remarcação de chassi nas situações em que o veículo teve a identificação original dessa característica alterada ou danificada. 

As situações que levam a isso são diversificadas, mas na maioria dos casos é envolvendo corrosão devido ao tempo, acidentes ou alterações realizadas em casos de furto ou roubo. 

Mas para que o chassi seja remarcado, é imprescindível que o condutor entre em contato com um órgão especializado nessas questões. Principalmente quando o processo envolvendo o chassi remarcado diz respeito a emissão de um novo Certificado de Registro de Veículo. Uma boa alternativa para recorrer em situações como essa é a Despachante.com. Uma empresa especializada em todos os aspectos envolvendo situações de automotores, ou seja, desde o pagamento de dívidas até a emissão de novos documentos.

Vale ressaltar que alguns documentos são essenciais para a circulação legal do veículo em vias públicas. Sendo assim, é válido encontrar orientação nos demais casos, se houver necessidade. 

Quais são os problemas de um chassi remarcado?

Todos os proprietários de veículos que investem em um veículo com a remarcação do chassi, podem ter dores de cabeça referentes a esse investimento. Isso porque, sempre que o proprietário tentar fechar um novo seguro para o seu carro, a remarcação pode ser um grande empecilho para o acordo ser selado. Grande parte das seguradoras realizam a vistoria do chassi, podendo recusar o seguro por essa característica.

Além desse grande empecilho, o chassi remarcado também representa aos proprietários de veículos perda do valor da propriedade no mercado. Também é muito comum que ocorra problemas no momento do financiamento do veículo. Grande parte das empresas pode até mesmo aceitar a proposta, mas o valor de entrada será muito menor do que o esperado e estipulado no mercado. 

Sendo assim, um dos maiores problemas relacionados à remarcação do chassi é, sem dúvidas, a desvalorização do veículo. Quando os proprietários decidirem revender o automotor, podem encontrar valores entre 20% a 30% mais baixos. E, na maioria das vezes, muitos concessionários e revendedores também recusam o veículo quando ele se encontra nessa ocasião. 

Como verificar o motivo da remarcação do chassi

Os proprietários de veículos podem ficar surpresos ao constatar que não existe uma maneira direta de verificar o motivo em que o chassi foi remarcado. Nessas situações, é necessário conhecer qual é o histórico do veículo, interligando os pontos. 

Sendo assim, nas situações em que um veículo consta como roubado e, dessa forma, a remarcação do chassi foi realizada, o motivo é aparente: a solicitação foi realizada pois foram feitas alterações na característica durante o furto. Essa mesma regra é aplicada nas situações em que o carro é dado como sinistro, além daqueles que passaram por leilões. Quando o veículo sofreu uma batida grave, é incomum que ele volte a ser como era antes. 

Caso tenha interesse em verificar o seu veículo pelo chassi, existe um sistema no site da Despachante.com que permite que isso seja realizado.

Como evitar a oxidação do chassi?

Para evitar a necessidade de solicitar a remarcação do chassi, alguns cuidados podem ser tomados. Uma maneira é evitando que o veículo esteja exposto a umidade, principalmente em seu assoalho. Isso porque, a umidade é a maior causadora da oxidação dos chassis, assim como outros elementos. Em situações de enchentes, leve o seu veículo para um lava rápido, realizando uma limpeza e secagem em todo o automotor de maneira eficaz. Também é possível que você mesmo faça isso, mas a remoção dos carpetes e bancos será necessária. 

Se você é um morador do litoral, também é importante estar atento às maresias, já que elas contam com umidade. Caso apresente sinais como ferrugem, leve o veículo para uma nova pintura. De maneira geral, o simples hábito de olhar o chassi enquanto estiver limpando o seu veículo é suficiente, além de essencial. Essa é a forma ideal de prevenir problemas relacionados à oxidação. 

Como realizar a remarcação do chassi corretamente?

Como citado anteriormente, existem muitos problemas relacionados ao chassi remarcado que a maioria dos condutores devem evitar. Para isso, é necessário entrar em contato com um especialista na área de trânsito, e você pode contar com a Despachante.com nesse aspecto. Mas antes de mais nada, é importante que o proprietário solicite uma vistoria em seu veículo, verificando a necessidade da remarcação. Se esse for o caso, então o pagamento da taxa de uma nova vistoria deve ser efetuado, obtendo confirmação para o procedimento.

É importante lembrar que o proprietário não deve gastar valor nenhum nas situações em que teve o carro roubado ou furtado, desde que o mesmo conte com um laudo do Instituto de Criminalística. Depois que esse procedimento for realizado, o proprietário deve obter a autorização do chassi remarcado por uma empresa credenciada pelo DETRAN. 

Assim que finalizar isso, o veículo passará por uma nova vistoria, mas sem a necessidade de pagar nada novamente. 

Todos os gastos seguintes dizem respeito a outros fatores importantes, como a emissão de um novo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. É importante lembrar que para que o processo de remarcação funcione, o proprietário não pode ter nenhuma dívida em aberto. Sendo assim, todas as taxas e multas em seu veículo devem estar devidamente pagas.

Uma boa alternativa para conquistar o sinal verde, quando você está com dívidas pendentes, é entrar em contato com a Despachante.com. A empresa ajudará você a quitar seus débitos em até 12x!

2021-06-23T18:00:06-03:00 maio 20th, 2021|Carro, Decalque do Chassi|0 Comentários

Já vai embora sem consultar os seus débitos?

Pesquise agora é grátis!

de desconto

Utilize o código #popup20